O coelhindo da Pascoa.

O Coelho da Páscoa

E a lenda do coelho de Páscoa começa assim:
Um grupo de animais resolveu comemorar a Páscoa como era feito no tempo de Jesus, uma festa em que cada um contribuía com o que tivesse produzido durante o ano. Cada qual levou o que tinha: a  Dona Vaca levou leite, a Galinha Filó levou ovos, e as irmãzinhas Abelhas levaram doces favos de mel.
Havia porem, um coelhinho que queria muito ir a festa, mas não tinha nada para levar.
Estava tão tristinho indo numa estrada quando avistou, na beirinha do caminho um ovo. Mas não era um ovo comum, era grande, colorido e bem pesado. Devia ser de algum pássaro que ele nunca tinha visto por ali na mata.
O coelho não pensou duas vezes, pegou o ovo e se encaminhou para a festa. Agora ele podia paarticipar pois tinha algo para levar.
Ele tinha andado um pouquinho com o ovo pesado quando avistou um menino chorando, muito triste.
-por que esta chorando?
Porque é dia de Páscoa e eu não ganhei nenhum presente.
O coelho, penalizado com a tristeza do pequenino, desistiu de ir a festa e ofereceu o seu ovo colorido ao menino.
Mas quando o menino pegou o ovo, ele escorregou de suas mãos pequenas, caiu no chão e partiu-se e uma quantidade enorme de docinhos e bombons esparramou-se a sua volta.
O menino deliciou-se e o coelhinho ficou muito contente com o desfecho do seu ato generoso.
A noticia espalho-se. Todo mundo comentava a historia do coelho que dava ovos cheios de chocolate as crianças, e no ano seguinte,todas esperavam ansiosas pelo coelhinho que lhes traria o ovo delicioso. Os pais ficaram apreensivos. Aonde encontrar este coelho fabuloso com seus ovos de chocolate?
Mas um grande fabricante de chocolate, que não era bobo nem nada, lançou no mercado uma quantidade enorme de ovos, de todas as cores, tamanhos, sabores (e preços) para reforçar a lenda de que o Coelho os levaria as crianças no dia da Páscoa.
Há quem diga que essa estoria, é puraa lenda, inventada por um certo dono de fabrica de chocolates...srsrsrsr
Texto de Maity

Risco de coelhos de Pascoa para pintar.